sábado, 3 de agosto de 2013

Semana Mundial de la Lactancia Materna 2013 / Semana Mundial da Amamentação 2013


El 1 de agosto fue el Día Mundial de la Lactancia Materna  y marco del inicio de la Semana Mundial de Lactancia Materna 2013.

El lema de este año, propuesto por la OMS y Unicef, está relacionado con el apoyo que necesitan las madres que dan el pecho: Apoyo a las madres que amamantan: ¡cercano, continuo y oportuno!
Las cifras divulgadas nos dicen que 93% de las madres que deja la lactancia preferiría no haberlo hecho. ¿Las causas? Podemos citar varias: falta de apoyo familiar, falta de apoyo de los profesionales, bajas maternales inferiores a lo necesario, etc.

Además, según testimonio de muchas amigas y conocidas (por suerte no fue mi caso), muchas mujeres abandonan la lactancia materna por dolores (grietas e inflamaciones) causados por el incorrecto posicionamiento del bebé en el pecho. Dar el pecho NO DUELE,es algo placentero para la madre y para el bebé cuando se realiza de la manera correcta.

De esta manera, y para evitar este tipo de problemas, es muy importante que la madre acuda a un taller de lactancia donde personas capacitados le instruirán para que la lactancia materna se realice con éxito.

En España, las madres cuentan con muchos grupos de apoyo. Una asociación muy activa es la Liga de la Leche (www.laligadelaleche.es), que posee grupos de apoyo con reuniones mensuales en varias ciudades españolas. 

¡Con más apoyo amamantaremos más y mejor! 

Versão em Português:

1º de Agosto foi o Dia Mundial da Amamentação e deu início à Semana Mundial da Amamentação 2013. 

O tema deste ano, proposto pela OMS e Unicef está relacionado com o apoio que necessitam as mães que amamentam: Apoio às mães que amamentam: próximo, contínuo e oportuno!

As cifras divulgadas dizem que 93% das mães que abandonam a amamentação prefería não abandonar. As causas? Podemos citar várias: falta de apoio familiar, falta de apoio dos profisionais, licensas maternidades inferiores ao necessário, etc. 

Além disso, de acordo com o testemunho de muitas amigas e conhecidas (graças a Deus não foi o meu caso), algumas mulheres abandonam a amamentação por dores (fissuras no mamilo e inflamações) causados pelo incorreto posicionamento do bebé no seio. Amamentar NÃO DÓI, é um prazer para a mãe e para o bebê quando realizado corretamente.

Desta forma, e para evitar este tipo de problemas, é muito importante que a mãe frecuente um Grupo de Mães (ou Grupo de Aconselhamento em Amamentação), e receba as informações necessárias para que a amamentação seja realizada com sucesso.

No Brasil existe uma iniciativa do governo, a Rede Amamenta Brasil, uma estratégia de promoção, proteção e apoio à prática do aleitamento materno na Atenção Básica. 

Também podemos encontrar alguns sites de ajuda e apoio à amamentação:


Com maior apoio amamentaremos mais e melhor!




1 comentario: